Textos Sugeridos pelo Autor

14 de julho de 2011

Tarde Fria

Busquei entre os arquivos, entre os livros,
Uma lembrança, talvez uma fotografia,
Que me trouxesse alguma lembrança sua,
Mas nem mesmo caminhar pelas ruas,
Faz-me esquecer desta verdade nua e crua,
Você morreu, naquele adeus, naquela tarde fria!

Pra que serve as lembranças?
Quando se foi também a esperança?
Existem caminhos que apontam numa única direção,
Existem momentos em que vale ouvir o coração,
Agir somente com a razão,
Esta é a proposta que sigo deste então.

Hoje a noite já tem luar,
Até as estrelas voltou a brilhar,
E porque não lembrar que temos motivos para amar?
Às vezes é assim que acontece,
Não é preciso fazer nenhuma prece,

O destino cuida para que tudo aconteça,
Logo que o dia amanhece!
Nada como um dia após o outro,
A vida continua e a gente apenas agradece!

0 comentários: